Varizes ardendo, prevenção e como aliviar

Para quem ainda não sabe, as varizes nada mais são do que vasos que se deformam e ficam inchados por causa de um problema na circulação sanguínea na região.

O que muita gente nem imagina é que nem sempre essa condição se resume apenas a um incomodo estético, visto que pode causar uma série de sintomas bastante desagradáveis, tais como varizes ardendo.

Mais do que isso, é preciso realizar o adequado cuidado e acompanhamento médico para que o problema além de não piorar, também possa ser prevenido.

Sensação de queimação nas pernas

Sensação de dor, queimação, cansaço e peso nas pernas são apenas alguns dos sintomas que o processo de dilatação das veias pode causar.

A dilatação ainda pode causar inflamações em toda a região afetada, o que faz aumentar essas sensação de desconforto.

Claro que os sintomas irão variar, de acordo com o grau de intensidade desse problema. Algumas pessoas podem, simplesmente não sentir nada ao passo que outras relatam dores, coceira, inchado e até varizes ardendo.

Mais do que isso, uma peculiaridade é que as varizes tendem a dor mais ao fim do dia, visto que o corpo teve uma jornada inteira de trabalho e foi exigido.

Isso é bastante comum em pessoas que trabalham muito tempo em pé ou sentadas na mesma posição.

Já no caso de mulheres, o problema pode se agravar ainda mais durante a gestação ou no período menstrual.

Por isso é essencial sempre conversar com seu médico e fazer o acompanhamento corretamente a fim de ter um atendimento individualizado para o seu caso.

Prevenção e alívio do problema

Atividades na água como hidroginástica ou natação podem ajudar muito no quadro, bem como a prática de atividades físicas regulares, como caminhada e usar bons produtos como o varilux vene varicose, um creme para varizes de excelente qualidade.

Mais do que isso, claro, manter o corpo sem excesso de peso é outro fator que contribui muito.

O importante é lembrar que os exercícios irão manter o corpo em movimento e é por isso que atuam estimulando a circulação de sangue.

Para aliviar a sensação de varizes ardendo, uma outra medida que pode ajudar é elevar os membros inferiores durante o repouso, além de ajudar a evitar outras complicações do quadro.

Isso porque você favorece a circulação sanguínea na região, usando a gravidade ao seu favor.

Usar meias elásticas ou algumas medicações também pode ser um recurso escolhido pelo médico, dependendo do caso e da gravidade das varizes ardendo.

Dicas para tratar os cabelos em casa

Nesse período de quarentena, sem dúvida, as mulheres passaram a valorizar, ainda mais, os salões de beleza e seus muitos tratamentos.

O que muita gente não sabe é que é possível fazer alguns tratamentos sozinha, em casa, com resultados tão bons quanto de um salão.

Não tem jeito, com todo o perigo relacionado ao coronavírus, e com a maioria dos salões ainda fechada, a hora é de arregaçar as mangas e se virar como pode.   Ok, no caso de não ter o menor jeito e nem saber por onde começar, nada de ficar descabelada, pois vamos lhe mostrar aqui como não é nada assim tão difícil.

Se interessou? Então, confira abaixo alguns tratamentos para cabelos que você mesma pode fazer em casa, para manter seus fios bonitos e saudáveis. Confira!

Invista em bons produtos

Tudo começa por um bom produto. Assim como ninguém faz milagre na cozinha com ingredientes ruins, o mesmo acontece com os cabelos. Assim, o segredo do sucesso de qualquer tratamento está na escolha dos produtos, principalmente, que adequados para o seu tipo de cabelo.

Gummy Hair é um produto top de linha, são gominhas mastigáveis que ajudam a fortalecer o cabelo de dentro para fora, não é a toa que está fazendo o maior sucesso.

Não escolha um produto pela beleza do frasco, nem pelo preço, mas por ele se adequar ao seu cabelo.

Por exemplo, se o seu cabelo tem mechas coloridas, evite lavar os cabelos com shampoos antirresíduos, anticaspa ou para cabelos oleosos, por exemplo, pois vão acabar deixando-os desbotados, ou até mesmo, removendo a tintura dos cabelos.

Aposte na hidratação

Se tem um tratamento fácil de fazer em casa e que vai bem em todos os tipos de cabelos, é a hidratação.

Porém, na hora de escolher um hidratante capilar, a dica é comprar um que seja apropriado para o seu tipo de cabelo. Mas, caso não saiba, exatamente, qual o seu tipo de cabelo, não tem problema, basta escolher um que seja intitulado ‘para todos os tipos de cabelo’, assim não vai errar.

Tempo certo

Respeite o tempo de ação dos produtos, assim como, sua periodicidade, pois são fatores que podem interferir muito no resultado final.

Por exemplo, determinadas máscaras, se usadas sempre, podem acabar deixando os fios pesados, por isso, é importante respeitar a periodicidade de uso, assim como, o tempo de ação de cada produto, para não prejudicar o resultado final.

Cuidados para o dia a dia

Alguns hábitos ou cuidados no dia a dia podem ajudar a proteger os cabelos no após a hidratação, tais como:

  • Evite água quente ao lavar os cabelos, ela remove a camada protetora dos fios e, quem tem cabelos coloridos, acaba ficando com eles desbotados e até sem a cor;
  • Pelo mesmo motivo, evite usar ferramentas térmicas em excesso;
  • Jamais durma com os cabelos molhados, além de enfraquecer a raiz, esse hábito favorece a quebra;
  • Se tiver cabelos descoloridos, procure usar um leave-in e óleos capilares após a lavagem, isso irá ajudar a manter a cor e o brilho;
  • Antes mesmo de lavar, procure desembaraçar o cabelo, esse hábito ativa a circulação do couro cabeludo e evita quebras;
  • Na hora de secar os cabelos, jamais friccione o cabelo com a toalha, isso pode quebrar os fios e ainda estimular o frizz.

Sete causas da celulite e dicas para combatê-la

Não aguenta mais lutar, em vão, contra as celulites? Você não sabe o que fazer para combatê-las? Então, continue lendo esse artigo.

Mais do que, simplesmente, uma questão estética, a celulite pode, muitas vezes, levar à diminuição da autoestima e autoimagem corporal.

Muitas mulheres acabam, até mesmo, deixando de ter uma vida social bastando que a mesma signifique ter que vestir biquini ou trajes que deixem as pernas à mostra.

O fato é que muitas podem ser as causas da celulite, cujo aspecto é de casca de laranja, por isso, mostraremos aqui algumas delas e como se armar para combatê-la!

Causas da celulite

Genética: infelizmente, as brasileiras são o biótipo perfeito para as celulites se instalarem. Então, é que mulheres com o biotipo corporal do tipo ginóide (aumento de gordura corporal na região inferior do corpo) têm maior tendência a sofrer com esses furinhos…

Alteração hormonal: pois é, os hormônios, como estrógeno e progesterona, podem favorecer à retenção hídrica resultando, claro, no comprometimento da circulação.

Pílula anticoncepcional: muitas mulheres se queixam que após usarem a pílula anticoncepcional passaram a ter, ou adquirir mais, celulites. Por isso, caso note um aumento da retenção hídrica e aumento de peso, após o uso de determinado contraceptivo oral, procure um ginecologista para escolher um outro método que não cause malefícios.

Sedentarismo e alimentação desequilibrada:  a falta de atividades físicas não só favorecem o aumento de peso, como contribui ainda mais para um menor estímulo circulatório. E fuja de uma alimentação rica em açúcar e gordura, que irão aumentar a camada adiposa, também evite o excesso de sal,  que causam mais retenção de líquido, prejudicando a circulação. Pelo contrário, invista em exercícios e em uma alimentação equilibrada.

Roupas apertadas: embora elas não causem celulite, as roupas muito apertadas contribuem para a piora do quadro após se instalado, já que comprimem os vasos sanguíneos e linfáticos, principalmente, as coxas e glúteos.

Cigarro: o cigarro, comprovadamente, causa celulite e vários outros males,  como a vasoconstrição, que está associado a uma menor vascularização e oxigenação do tecido.

Como prevenir a celulite

É preciso investir em hábitos saudáveis, caso queira uma melhor qualidade de vida, e algumas novas atitudes podem ser incorporadas à rotina do dia a dia, sem que isso signifique grandes sacrifícios.

Basta investir em atividades físicas, alimentação equilibrada, uma ingestão maior de líquido, diminuição do sal, enfim, hábitos simples mas que podem fazer toda a diferença à saúde de uma forma geral, e inclusive, no aspecto da celulite, além desses hábitos, você pode usar produtos para acabar com a celulite que pode ser encontrados na Amakha Paris por um ótimo preço e fazer atividades físicas juntamente com uma boa alimentação.

Por exemplo, quem trabalha muito tempo sentada, a dica é realizar pequenas caminhadas durante o dia, contribuindo para um melhor fluxo sanguíneo, trocar o elevador pelas escadas (aliás, um ótimo exercício), ir á pé para o trabalho, ou descer em um ponto antes, ou deixar o carro no outro quarteirão.

E não podemos deixar de citar os tratamentos estéticos, que também são ótimas opções, tais como drenagem linfática, ultrassom, radiofrequência, massagens estimulantes e endermoterapia, tudo isso, se aliado a hábitos saudáveis,  promove resultados fantásticos.

Enfim… o que não faltam são atitudes que podem contribuir, para a boa forma e, principalmente, no combate à celulite.

Exercite o seu cérebro e melhore a sua memória  

Você sabia que apenas com alguns exercícios, já consegue melhorar muito a sua memória? Isso é verdade! Por isso, vamos mostrar algumas simples atividades que você pode fazer e já verá uma melhora.

Faça algo diferente várias vezes seguidas

Fazer repetidamente atividades que acabou de conhecer, criará ligações dentro do seu cérebro. Isso fará com que você aumente a velocidade e a qualidade do novo exercício. 

Conheça os exercícios para o cérebro

Jogos como memória, sudoku ou caça-palavras podem ajudar a exercitar sua mente. Esses farão com que pense com maior velocidade e melhore sua memória.

Pratique agora os exercícios e melhore a sua memória. Conheça alguns:

A atividade física fará a diferença

Manter-se saudável fisicamente também ajuda a estar com a saúde mental em dia. O ideal é que se exercite por 20 minutos, isso facilita o processamento de informações no seu cérebro. Assim, seu raciocínio ficará mais rápido.

Aprenda novas coisas

Quanto mais usar seu cérebro, mais ágil ele ficará. Por conta disso, use-o sem restrições de idade ou objetivo. O indicado é que tente aprender um novo idioma ou instrumento musical, por exemplo. Pode ser algo por diversão ou por necessidade. Desenvolver diferentes habilidades expõe seu cérebro a novas experiências.

Fique perto de pessoas que te fazem bem

Ficar um tempo com pessoas que você ama é um dos melhores exercícios para seu bem-estar, não é mesmo? Isso pode também ajudar a clarear seus pensamentos e te deixar de bom humor. Além disso, quando conversa com outras pessoas, o seu cérebro vai trabalhar para entender e processar os pensamentos – seus e deles.

Coloque a sua memória para trabalhar

Esse exercício é bem divertido. Tente lembrar de coisas sem que precise anotar em um papel. Por exemplo: números de telefones, endereços, datas especiais ou coisas que você mais gostou durante um passeio em família. Exercitar sua memória, ativará várias partes do seu cérebro e o colocará em ação.

Tenha uma alimentação saudável

Inclua na sua dieta diária chocolate, peixes, frutas e vegetais. Esses alimentos otimizam a performance da sua mente. O chocolate para ter uma ideia, libera dopamina, substância química que desempenha uma série de funções, como prazer, recompensa, memória e atenção.

Aproveitando que estamos falando de alimentação, é legal lembrar que existem suplementos naturais que ajudam bastante na melhora da memória e concentração.