Como tratar o cabelo danificado pelo sol

O calor e o sol deixou seu cabelo seco e sem vida?  Não sabe o que fazer para reverter o problema? Então, continue lendo.

Muita gente não sabe, mas o cabelo também pode ficar danificado após ficar longas horas expostos ao sol, sem a devida proteção, apresentando sintomas como opacidade, ressecamento, frizz…

É preciso ter em mente que o sol “queima” os fios, que ficam sensibilizados e podem até começar a se partir facilmente.

Mas sabe qual a boa notícia? É que é possível reverter o estrago causado pelo excesso de sol, bastando seguir algumas dicas para proteger o cabelo de seus efeitos. Confira quais são as dicas.

Invista em um tratamento nutritivo

O excesso de exposição ao sol, dentre outros danos, causa o ressecamento do cabelo, com o calor e a ação dos raios solares afetando as cutículas capilares, que são responsáveis pela retenção de água e nutrientes dentro da fibra.

Para reverter os efeitos nocivos do sol sobre o cabelo,  é fundamental apostar em tratamentos nutritivos e hidratantes para ajudar a resgatar a saúde dos fios e repor a água e os nutrientes perdidos, e o hairpower funciona muito bem para proteger seu cabelo, além de tonifica e fortalecer os fios.

A dica, portanto, é investir em uma máscara Solar, para resgatar a saúde e a beleza do cabelo afetado pelo sol. Por ser voltada para o cuidado dos fios após a exposição solar, a máscara possui uma ação nutritiva e fortalecedora, devolvendo a vida à fibra capilar e reforçando a estrutura dos fios após a exposição solar.

Mas, por outro lado, se os danos causados forem muito severos, nesse caso, a dica é procurar um salão para realizar um tratamento profundo.

Invista em uma linha específica para o verão

Para blindar os fios dos efeitos nocivos do sol, mesmo nos dias em que não for utilizar uma máscara de reparação, a dica é investir em um shampoo e um condicionador específicos para o cuidado dos cabelos afetados pelo sol, pois vão promover a revitalização e evitar que a fibra continue a ser danificada pelo sol.

Os shampoos específicos para tratar cabelos danificados oferecem uma limpeza suave e eficaz, enquanto trata a fibra afetada pela exposição solar.

Realize um tratamento reconstrutor

O cabelo danificado pelo sol, não só fica ressecado, como pode ter sua estrutura afetada pelo excesso de exposição solar, se tornando porosos, quebradiços e fragilizados, nesse caso, portanto, não basta investir apenas em um tratamento nutritivo.

A dica, nesse caso, será combinar o tratamento nutritivo com a reconstrução capilar, devolvendo ao cabelo a capacidade de absorver a água e nutrientes,  ajudando a recuperar a estrutura dos fios e cutículas.

Felizmente, no mercado é possível encontrar excelentes máscaras para esse fim, as quais irão reforçar a estrutura do cabelo danificado pelo sol, promovendo um tratamento profundo aos fios fragilizados, reduzindo a quebra e reestruturando a fibra capilar.

A dica é procurar alternar a máscara com o tratamento nutritivo, para recuperar mais rápido e completamente os fios.

Blinde os fios com leave-in

Por fim, mas não menos importante, é preciso combinar o tratamento dos fios com uma proteção eficaz, e isso pode ser feito com um bom leave-in hidratante com filtro solar e UV.

Vale saber que mesmo utilizando máscaras especiais para cuidar dos fios danificados, os raios solares continuarão a agir sobre os fios, e podem afetar o tratamento, dificultando a recuperação da fibra capilar.

Por isso, é fundamental blindar os fios diariamente com um leave-in específico para isso, ou seja, que ofereça proteção contra a ação solar e a radiação ultravioleta.

Acredite, esse leave-in irá fazer toda a diferença na hora de recuperar a saúde dos fios após os danos causados pelo calor e os raios ultravioletas, evitando o agravamento do quadro.

Perca peso com a Lua

A Lua influencia as marés, então por que não o corpo humano, composto por 80% de água? A Lua é uma estrela feminina e tem enorme influência sobre as mulheres. Você já experimentou algum tipo de dieta e já teve o suficiente do efeito ioiô clássico? A dieta lunar derreterá seus quilos extras!

Você quer mostrar um biquíni deslumbrante? Você se sente inchado e quer perder peso rapidamente? Não tem problema, vamos ajudá-lo a perdê-lo lentamente e respeitando o seu corpo. Antes de tudo, saiba que também temos dietas drásticas suficientes ou que, auto-proclamadas milagrosas, são mais estranhas que a outra!

Se você quer perder peso, não há outra solução: remova os doces, fique ocupado e … comece a perder peso! Após as fases da Lua, será mais fácil perder peso naturalmente, mas obviamente você não pode esperar milagres se comer um pacote de batatas fritas por dia.

Como perder peso com a lua?

Da Lua Nova à Lua Cheia (fase crescente), o corpo está no momento da assimilação, enquanto na fase em declínio, teremos uma fase de perda. Nada complicado, apenas pedimos que você entenda como seu corpo funciona.

Pare dietas drásticas! Só será necessário aprender a comer de acordo com a lua. Respeite os ciclos lunares e você também começará a se sentir mais leve. O suplemento cuperine funciona, caso também queira fazer uso de um bom produto emagrecedor natural, juntamente com a dieta lunar.

Faça da Lua o seu melhor aliado! Descubra como perder peso em 4 etapas fáceis

Em uma lua crescente , você pode comer o que quiser, o corpo está sendo assimilado e queima muito mais calorias, dando a você a chance de ceder a algum desejo. No entanto, não exagere, principalmente com sobremesas, e tente comer frutas e legumes frescos, sem açúcares de baixa caloria e rico em vitaminas e minerais.

Durante a Lua Cheia , a operação de desintoxicação também começa e a fase de eliminação. Durante esses três dias (no dia anterior, no mesmo dia e no dia seguinte) da Lua Cheia, adota a chamada monodieta , consome apenas um alimento, simples e natural, por dia (maçã, ovo, cenoura, arroz).

Cabe a você fazer uma escolha: você também pode optar por uma planta que purifique o fígado naturalmente, como radicchio preto ou alecrim e, acima de tudo, não se esqueça de beber muito!

Na lua minguante , seu corpo elimina e expulsa substâncias supérfluas por cerca de 12 dias. Esta é a fase de emagrecimento, que você pode favorecer ao tomar plantas com propriedades desintoxicantes (chá-leão, alecrim, genciana, etc.). À mesa, tente consumir muita fibra e vegetais e evite alimentos com carne vermelha e amido.

Durante a Lua Nova , faça uma monodieta de três dias. Desta vez, o corpo é purificado ainda mais profundamente. É a vez dos rins, intestinos e pele. Também neste caso, as plantas são seus melhores aliados: a urtiga, a bétula e o radicchio preto.
Você já sabe quando será a próxima Lua Cheia? Não perca nenhuma fase da lua graças ao nosso

Cirurgia Para Aumentar o Pênis

Neste artigo, discutirei as diferentes opções para operações de extensão do pênis. Essas operações existem, mas são raras. Poucas clínicas arriscam isso por causa dos riscos associados ao procedimento. Portanto, discutimos não apenas as possibilidades de extensão cirúrgica do pênis , mas também as alternativas mais seguras.

Nem todo homem está satisfeito com o comprimento do seu pênis. Para alguns deles, seu pênis é muito curto, em seu próprio sentido. Atualmente é possível estender o pênis alguns centímetros pela via cirúrgica (plástica) , também denominada extensão do pênis.

Mas já te confesso que a cirurgia não é a melhor opção, hoje existem produto em gel como é o caso do V8 Big Size que é um produto em gel para ampliar o tamanho do pênis.

Extensão do pênis: como você pode estender seu pênis?

Existem diferentes métodos para aumentar o pênis. Para os homens, o pênis está parcialmente no abdômen. Com uma extensão do pênis, essa parte é afrouxada e antecipada. Com uma extensão do pénis, o pénis pode ser preenchido com vários enchimentos. O método mais conhecido é uma extensão do pênis com gordura própria (preenchimento labial).

O tamanho ideal do pênis é “o que te faz feliz”. Mas se alguém vier para uma extensão de, digamos, trinta centímetros, isso seria impossível.

Extensão do pênis

A extensão do pênis pode ser realizada com anestésico local ou sob anestesia geral. Durante a operação , é feito um pequeno corte logo acima da base do eixo peniano. As bandas do tecido conjuntivo que conectam o pênis ao osso púbico são cortadas e o pênis é trazido para a frente. Depois disso, os pneus são fixados novamente. Desta forma, o pénis como um todo avança um pouco. A cicatriz será frequentemente coberta novamente sob os pelos pubianos e, portanto, será praticamente invisível.

Se você não teve sorte, sua caixa de e-mail pode ter sido preenchida regularmente com e-mails de spam preenchidos com anúncios de pílulas para  aumento do pênis . Isso garantiu que a pílula para aumento do pênis recebesse um grande reconhecimento, mas com um gosto ruim.

Tudo o que você precisa saber sobre extensões de pênis

Uma vez, a ideia de extensões de pênis só existia nas páginas traseiras de folhas sujas, espalhadas no banco traseiro de ônibus abandonados ou deixadas para trás nos arbustos em parques extintos. Depois havia a internet. Os anúncios estavam aparecendo na seção de spam de nossa caixa de e-mail e em sites que não queremos que nossa esposa esteja visitando. As promessas eram – literal e figurativamente – grandiosas, e muitas vezes uma fonte de boas piadas em festas de aniversário chatas. Agora, um pênis grande se tornou um negócio sério.

Posso estender meu pênis?

Alguns homens têm seu pênis estendido cirurgicamente porque acham que seu pênis é muito pequeno. Às vezes, também existem necessidades médicas para extensão do pênis, por exemplo, com defeitos congênitos . Com uma extensão do pênis, o tecido conjuntivo que mantém o material esponjoso do pênis até o osso púbico é removido ou cortado. Isso dá ao pênis e ao material esponjoso mais “espaço” e liberdade.

Como alisar os cabelos com produtos naturais

Tantas dicas para ter cabelos bonitos, macios e saudáveis ​​que se dão bem … com o meio ambiente! Descubra como suavizá-los com métodos naturais.

Ter cabelos lisos e saudáveis não é muito simples, porque às vezes os tratamentos que fazemos para ter cabelos lisos podem danificá-lo.

A conexão pode não parecer simples, mas quando usamos produtos químicos, por exemplo, à base de ácido ou a placa alisadora de cabelo, involuntariamente também danificamos o meio ambiente : a placa é um aparelho que usa energia para se aquecer, enquanto os produtos de alisamento contêm elementos químicos que atingem o meio ambiente através da descarga de água.

Por isso, decidimos dar algumas dicas para passar o cabelo usando apenas produtos naturais, lembrando que um dos produtos naturais melhore para alisar o cabelo é o Lize Hair, com ele você consegue alisar seu cabelo sem precisar de química nenhuma.

Guia para cabelos lisos e saudáveis

Muito do trabalho pode ser feito durante a lavagem : após a lavagem, usamos um bálsamo com uma composição 100% natural e espalhamos por todo o comprimento dos cabelos; enquanto atuamos, penteamos o cabelo com um pente fino e esperamos 5 minutos e depois enxaguamos com água.

O quente demais é ruim para o cabelo, faz-los secos e intratável aqui porque às vezes nós fazemos o cabelo mais bonito com a placa e nós somos deixados com uma cabeça irreconhecível. Essa escolha também será boa para o meio ambiente.

Para alisar o cabelo de maneira natural, usamos uma gota de glicerina vegetal natural durante o xampu e enxágüe bem; em seguida, alisá-lo normalmente com a escova e um grau de calor intermediário.

E o cabelo liso e saudável também é proveniente da nutrição : comer saudavelmente não é bom apenas para a saúde, mas também surge do lado de fora, proporcionando cabelos menos propensos a se sujar. Como sabemos, a nutrição saudável está alinhada com os princípios da sustentabilidade ambiental, porque prefere produtos frescos e não embalados.

COMO ESCREVER UMA MONOGRAFIA

Quando você é mãe, enfrenta situações inesperadas, criar um ser humano não é fácil e menos quando a criança cresce, vai à escola e descobre que tudo o que aprendeu já o esqueceu!

Graças à Reforma Educacional, agora precisamos nos envolver mais na educação das crianças, praticamente precisamos nos sentar com elas para explicar os problemas e fazer a lição de casa, especialmente se o seu filho frequentar uma escola pública.

O que fazer quando seu filho tiver que fazer uma monografia sobre os povos originais do México?

Escrever uma monografia é muito complicado porque é um trabalho de pesquisa extenso, mas no caso da escola primária, fazer uma monografia significa pesquisar em uma ou duas fontes de informação e copiar o texto em um novo documento, o que pode te ajudar nessa tarefa é o monografis orientador TCC que é uma maneira de você automatizar essa tarefa de monografia.

Como escrever uma monografia

Como escrever uma monografia? Não se preocupe, aqui analisaremos as perguntas básicas para que você explique ao seu filho como fazer a lição de casa.

O que é uma monografia?

 Em primeiro lugar, lembraremos o que é uma monografia: a monografia é um trabalho escrito realizado com a aplicação de uma metodologia de pesquisa e que apresenta resultados e análises resultantes de uma investigação minuciosa de um tópico específico. Para uma criança de 9 ou 10 anos (mais ou menos da idade são meninos na quarta série do ensino fundamental), pode ser difícil fazer uma monografia , especialmente porque você pode ter a ideia de que escrever uma monografia é copiar e colar as informações obtidas na escola. Internet

O problema de copiar e colar é que muitas vezes a criança nem lê as informações e, portanto, não está adquirindo as habilidades necessárias que se pretende obter com este trabalho:

  • use a linguagem para se comunicar
  •  escreva de maneira correta
  • expandir vocabulário
  • valorizam a diversidade linguística do México.

Portanto, você terá que motivar seu filho a ler as informações e selecionar a coisa mais importante que será incluída em seu trabalho. Uma maneira de conseguir isso é pedir que ele faça um mapa conceitual ou gráfico sinótico para organizar as informações e classificar Nesse período de informações ao alcance de um clique, é importante saber o que é feito com as informações obtidas e aprender a reconhecer fontes confiáveis ​​de informações.

Como escrever uma monografia

Partes de uma monografia:

♥ título

♥ índice de conteúdo

♥ Introdução

♥ corpo e texto

♥ Conclusões

♥ Apêndices, tabelas, gráficos

♥ Referências bibliográficas

Passos para realizar uma monografia no ensino fundamental:

1.- Delimite o tópico: eles  devem escrever uma monografia sobre os povos originais do México, mas isso é muita informação, mesmo para um adulto, então você deve escolher quais pessoas escrever, por exemplo, LOS AZTECAS. E a partir dessa cidade, escolhemos apenas uma coisa para investigar, em nosso exemplo: AS CRENÇAS DAS AZTECAS.

2.- Agora é necessário fazer um esboço com as informações que devem ser investigadas, por exemplo, para fazer a monografia das Crenças das Aztecas, você pode procurar informações sobre:

  • Deuses astecas
  • Os rituais de sacrifício
  • A vida religiosa dos cidadãos comuns
  • As cerimônias que eles realizaram durante o ano

3.- Agora que você sabe do que se trata a monografia, é hora de investigar: consulte revistas, livros e a Internet.

4.- Anote as informações obtidas nas planilhas para não esquecer. É muito importante registrar as fontes consultadas.

5.- Agora escreva a monografia com suas próprias palavras. É muito importante não copiar e colar.

6.- Procure imagens para o seu trabalho.

E isso e tudo. Não é um trabalho muito fácil, mas você pode fazê-lo com sucesso.

 Escrevendo uma monografia

♦ Seu filho deve usar frases simples e curtas.

♦ Citações de referência devem ser usadas para especificar onde as informações foram obtidas.

♦ Você deve explicar com suas próprias palavras o que um autor quis dizer.

♦ Os parágrafos devem ser curtos e precisos.

♦ Você pode incluir imagens, mapas, gráficos, etc.

Dicas Para Tratar as Varizes

Antes de tudo, vamos ver em detalhes o que são e como você pode trabalhar com eles, com os métodos mais simples e menos drásticos para não perturbar sua vida, devido a capilares ou varizes.

Se eles são acompanhados por faixas azuis “clássicas” e salientes ao longo das pernas e coxas, são conhecidas simplesmente como varizes ou varizes.

Vamos começar enquadrando o problema. As varizes são veias superficiais das pernas, principalmente veias tributárias das veias safenas grandes ou pequenas, muito dilatadas e nas quais o sangue flui com dificuldade devido ao escoamento das paredes venosas, o que determina o alargamento dos vasos e seu alongamento para as veias. forma de cobra.

Quais são os sintomas mais comuns?

Dor, sensação de peso nas pernas, coceira e inchaço dos tornozelos?

A alteração estrutural, de forma inflamatória, não permite mais que as válvulas da veia interna impeçam o fluxo do sangue de volta para baixo, acabando se acumulando nos vasos venosos devido à gravidade. Eles geralmente são precedidos ou acompanhados por telangiectasias, conhecidas como “capilares”.

Por que as mulheres sofrem especialmente? De fato, a aparência parece ser favorecida por  fatores hormonais ,  gravidez e ocupações que o forçam a permanecer em pé por um longo tempo e a todos, sem distinção de excesso de peso.

As variedades são geradas principalmente por:

  • pressão venosa intraluminal aumentada (causada, por exemplo, pela compressão dos vasos)
  • trombose das veias profundas;
  • insuficiência das válvulas venosas.

Existe uma predisposição genética para a constituição da fraqueza das paredes venosas, além dos fatores de risco tipicamente femininos e para a posição ereta que facilita a patologia. As veias , ao contrário das artérias, não possuem uma camada muscular muito desenvolvida; portanto, a veia dilata quando a parede tende a se liberar, devido a uma quantidade de sangue superior à norma ou ao abrandamento.

Esse processo pode ser neutralizado pelos músculos que circundam a veia, mas se o impulso for insuficiente, a dilatação pode se tornar constante. A evolução da doença varicosa na maioria dos casos está subindo de baixo para cima. Gravidez, idade e obesidade são fatores de risco específicos para as mulheres.

As regras de higiene mais importantes a serem seguidas para prevenir ou limitar o aparecimento de varizes e veias capilares são: [

  • Ande pelo menos uma hora por dia;
  • Aqueles que são forçados a posições de pé prolongadas devem realizar periodicamente exercícios de ginástica “alongamento”;
  • Aqueles que se sentam por muito tempo devem esticar as pernas de vez em quando;
  • Evite longa exposição ao calor;
  • Use meias elásticas;
  • Evite banhos com água muito quente;
  • Evite usar sapatos apertados;
  • Durma mantendo uma posição mais alta do pé do que a cabeça;
  • Manter um peso corporal normal; [
  • Adote uma dieta rica em vitamina C e fibras.

Tratamentos cirúrgicos são possíveis em casos menos administráveis ​​com suplementos específicos.

  • Crossectomia: consiste na ligadura da veia safena interna ao nível da veia femoral comum e na ligação de todos os afluentes do arco safeno. O mesmo pode ser feito para a pequena veia safena, realizando a ligadura da veia poplítea. Esta intervenção pode ser realizada sozinha ou associada à remoção.
  • Decapagem longa: consiste em realizar uma ligadura da safena interna (ou grande safena) ou externa (ou pequena safena) à cruz (crossectomia) e subsequentemente remover o eixo safeno até o maléolo
  • Decapagem curta: realizada para a safena interna. Consiste em remover a veia da virilha até o joelho
  • Escleroterapia: consiste na injeção na veia de uma substância capaz de desencadear uma flebite química e subsequentemente de obliterar a veia. A obliteração da veia tem os mesmos efeitos que sua remoção
  • Terapia a laser: consiste em inserir uma sonda a laser na veia e depois em queima-la para obter uma obliteração semelhante à da escleroterapia.
  • CHIVA: tratamento cirúrgico minimamente invasivo, conservador, ambulatorial e com anestesia local, baseado nos princípios da hemodinâmica através do uso do Doppler colorido. Consiste em fechar a origem de fluxos sanguíneos anormais devido à incontinência valvar e responsável pela dilatação varicosa das veias.
  • Antes de tudo, sugiro que você tente um creme, o mais recomendado por especialista no brasil é o varigold que é um creve natural que combate as varizes. 

Mas ainda tenho algo a sugerir, porque hoje em dia dei um presente para minha esposa e ela está se sentindo muito bem, então pensei em compartilhá-lo com o chá, ela é um estimulador para desinflar as pernas e retirar as veias capilares.

Mara, “minha esposa”, diz que suas pernas incham muito menos e suas veias azuis encolheram muito “, seu trabalho se dá nos pés e, quando volta à noite, as pernas ficam estressadas. Após uma semana de uso, me sinto feliz. Encontrei apenas na Amazon, levo quase tudo lá por uma questão de garantia e seriedade. Coloquei o link abaixo da página, se você quiser ver o produto, garanto que é fácil de usar e leve para gerenciar no sofá à noite. O preço que eu achei um pouco alto sinceramente. Mas é uma novidade e gosto disso.

Prevenção e Tratamentos Para Celulite

Para tratar a celulite e eliminá-la, é importante ter uma boa dieta e exercício, além de seguir os conselhos que detalhamos na seção de prevenção.

Para o melhor desempenho no tratamento da celulite, é recomendado fazer o uso do Celumax juntamente com uma dieta saudável, baixo teor de gordura e beber muitos líquidos. O sal deve ser tomado com moderação, assim como é aconselhável evitar salsichas e peixe salgado, e incluir frutas e condimentos naturais na dieta (limão, alho , salsa, ervas). Além disso, para evitar grandes empachos, é conveniente consumir alimentos que tiram e são benéficos para o corpo, como tomates , repolho, alface, laranjas e limões, ovos cozidos, ervilhas, feijão verde, aspargos, cogumelos e mexilhões.

Quanto ao exercício físico, o ideal é trabalhar as áreas do corpo que são propensas ao acúmulo de gordura ( abdômen , nádegas , tríceps).

Além destas medidas básicas, existem vários tratamentos que podem melhorar o problema da celulite:

  • Cremes anti-celulite: devem conter substâncias que estão envolvidas na microcirculação, tecido adiposo e tecido conjuntivo. É muito importante que eles sejam aplicados corretamente, realizando uma massagem ascendente e circular nas áreas afetadas.
    • A cumarina, o ruscus, os flavonóides e a rutina são utilizados na celulite edematosa e macia. Neste tipo de celulite é aconselhável usar estas substâncias drenantes, na forma de gel frio.
    • A carnitina , extrato de alcachofra e cafeína são substâncias redutoras. Cremes redutores com efeito calórico são eficazes na celulite com um grande componente gorduroso. Embora seu uso deva ser evitado em pessoas cuja pele apresenta grande flacidez , naqueles que sofrem de uma celulite edematosa, e também no caso de terem alterado o retorno venoso.
  • Massagens anticelulite: devem ser aplicadas por profissionais, com constância, para obter bons resultados, especialmente no caso da celulite edematosa.
  • Existem também alguns tratamentos orais que contêm fórmulas semelhantes às dos cremes anti-celulite.

Tratamentos médicos para celulite

Dentro dos tratamentos médicos para combater a celulite, existem várias alternativas:

  • Lipoaspiração: visa eliminar a celulite localizada. Um exame preliminar da qualidade da pele é realizado para evitar problemas subsequentes, como o efeito de ‘folha de papelão ondulado’, que pode aparecer se a intervenção tiver sido realizada em pele pouco flexível. A intervenção em si consiste em introduzir uma cânula na área afetada e aspirar a gordura profunda.
  • Lipoescultura ultra-sônica: a liquefação das células de gordura ocorre através de ondas de alta frequência. Depois disso, eles são removidos com baixa pressão de sucção. É um método melhor para as áreas flácidas, como os braços, a face interna das coxas e o abdômen das mulheres mais velhas.
  • Endermologia: é uma massagem mecânica que realiza o método de “dobrar, enrolar, desenrolar”. Esta técnica é aplicada principalmente à celulite localizada e à casca de laranja.
  • Eletrolipólise: técnica utilizada para celulite localizada em mulheres magras. Através de até quatro tipos diferentes de correntes elétricas, dependendo de sua freqüência e potência, a gordura é queimada, as toxinas são eliminadas e os músculos da pele são tonificados novamente. Cerca de duas sessões por semana são necessárias por cinco semanas.
  • Mesoterapia: microinjeções indolores de medicação são administradas em doses baixas. Eles são eficazes para o tratamento da celulite localizada.
  • Terapia com ozono : a terapia com ozono tem muitos efeitos benéficos, não só como tratamento da celulite. É oxigenante, revitalizante, antioxidante, imunomodulador, regenerativo, anti-alérgico, antiinflamatório e germicida.

Dicas para prevenir a celulite

Para evitar ter que recorrer a esses tratamentos, é melhor tentar antecipar o aparecimento da celulite. Embora não existam soluções mágicas, manter hábitos saudáveis ​​é mais difícil desenvolver a celulite. Essas medidas preventivas são:

  • Parar de fumar , evitar café, álcool, alimentos refinados, fritos e ricos em gordura, consumo excessivo de sal e déficits de fibras alimentares.
  • Beba dois litros de água por dia.
  • Exercício. Correr ou caminhar é altamente recomendado.
  • Evite usar roupas que se ajustem demais ao corpo, sapatos com salto alto e más posturas.
  • Gerir o stress.
  • Tenha cuidado com o uso de contraceptivos, pois eles favorecem a retenção de líquidos.

Dicas Para Saúde da Próstata

É comum homens de 50 a 55 anos apresentarem um ou mais sintomas urinários e não discuti-los com seu médico.
Para melhorar os sintomas urinários causados ​​pela HBP, recomenda-se seguir as seguintes dicas:

GESTÃO DE LÍQUIDOS

  • Evite a ingestão excessiva de água (recomendado: 1,5-2 l / dia).
  • Restringir a ingestão de líquidos em horários específicos (viagens longas, quando sair em público) e à noite (pelo menos 2 horas antes de dormir).
  • Boa hidratação previne infecções e formação de pedras.

MUDANÇAS DIETÉTICAS

  • Restringir ou moderar o consumo de bebidas alcoólicas e cafeinadas.
  • Restringir alimentos picantes ou com alto teor de gordura e aumentar as dietas ricas em vegetais.
  • Evite a constipação.

MEDICAÇÃO

  • Revise a medicação e otimize o tempo de administração nos momentos de maior transtorno (viagens longas e quando em público).
  • Substitua algumas drogas (diuréticos, descongestionantes, anti-histamínicos, antidepressivos, antagonistas do cálcio).
  • Hoje em dia a maioria dos homens estão prevenindo doenças na próstata fazendo o uso de suplementos naturais como o CuraProst que é um produto natural para deixar sua próstata saudável e evitar doenças.

HÁBITOS MICICIONAIS E TREINAMENTO VESICAL

  • Remoção do resíduo uretral para evitar o gotejamento após a micção (esvaziar / espremer a uretra pela compressão do pênis, da base para fora, no final da micção).
  • Técnicas de reeducação da bexiga: regular o tempo entre a micção durante o dia (3h) com a micção programada, suportar a sensação de urgência para aumentar a capacidade da bexiga (até cerca de 400ml).
  • Uso de técnicas de distração e relaxamento para controlar sintomas irritativos.
  • Técnica de esvaziamento da bexiga (em pé um ou dois minutos após a micção e tentar uma nova micção para esvaziar completamente a bexiga).

ESTILO DE VIDA

  • Reduzir o peso em caso de sobrepeso / obesidade.
  • Faça exercícios físicos regularmente.
  • Corrigir / controlar a mobilidade e os distúrbios funcionais.
  • Evite a constipação.

Menstruação irregular o que fazer?

A menstruação irregular é aquela que não segue o período normal, lembrando que o ciclo tem, comumente, 28 dias, com um tempo de sangramento entre 3 e 7 dias.

Obviamente que esse tempo pode variar de uma mulher para a outra, especialmente em casos de gravidez ou proximidade da menopausa.

No entanto, é preciso atenção para essa situação, visto que a menstruação irregular pode ser sinônimo de que algo não vai bem com sua saúde.

Mais do que isso, é preciso explicar que os ciclos menstruais marcam o início da adolescência de uma mulher, na passagem da infância para o início da vida adulta.

O corpo funciona como um todo para que o ciclo aconteça e os ovários respondem aos hormônios, que por sua vez, atuam no útero e também em outros órgãos.

Portanto, o ciclo menstrual é coordenado e acontece em decorrência de uma série de fatores que precisam estar alinhados para que tudo aconteça corretamente.

A menstruação, por sua vez, nada mais é do que a descamação do endométrio, que é uma fina camada que recobre a parte interna do útero que é descartada quando não ocorre a fertilização de um óvulo.

Dessa forma, a menstruação é considerada normal quando tem uma duração de três a sete dias e com um intervalo de 21 a 35 dias.

O volume esperado é de cerca de 80ml por cada ciclo, usando não mais do que um absorvente por hora ou um tampão a cada duas horas.

Veja Também: Muitas mulheres estão usando o coletor fleurity para se sentirem mais segura durante o período menstrual.

Quando a menstruação é considerada irregular?

Pois bem, até agora você já leu e entendeu melhor o que é considerada uma menstruação regular, ou seja, qual o volume de sangue esperado, a duração do sangramento e também o tempo de duração de cada ciclo.

Dessa forma, podemos dizer que a menstruação pode ser considerada irregular quando:

  • Há alteração entre o tempo de cada ciclo, seja ele mais ou menos espaçado
  • Quando a mulher está perdendo mais ou menos sangue do que o habitual durante o período da menstruação
  • Quando há uma variação no número de dias que a menstruação dura.

As causas para o problema podem ser várias e somente um médico ginecologista é que poderá avaliar cada caso individualmente e fazer o diagnóstico correto da situação.

Depois de feito isso, é possível instituir algum tipo de tratamento ou não, sempre considerando o que foi fator causador do problema! Em alguns casos, não é preciso tratamento, visto que o problema pode se resolver sozinho. Nó vídeo abaixo mostra mais detalhes, veja:

Como emagrecer de vez

Para muitos, emagrecer é muito mais do que um desejo e sim uma necessidade iminente, afinal, todos sabemos que o sobrepeso e a obesidade são problemas relacionados com aumento de risco de desenvolvimento de doenças.

No entanto, de nada adianta fazer dietas malucas, restrições doidas e tentar emagrecer usando um processo que pode acabar prejudicando sua saúde.

Lembre-se sempre que a saúde deve ser sempre o seu foco durante sua jornada de perda de peso.

O fato é que para emagrecer é preciso muito mais do que contar calorias, mas sim um conjunto de ações que atuam para essa finalidade.

Então, vamos ver algumas dicas essenciais para emagrecer de vez:

  1. Coma sem pressa

Comer devagar vai possibilitar que o estomago envie sinais para o cérebro para avisar que está saciado e que é a comida já é suficiente.

No entanto, o que acontece é que esse sinal só ocorre quando o estomago já está completamente cheio e leva um tempo até que seja interpretado a mensagem de que o corpo não precisa de mais alimento.

Acontece que as pessoas que comem mais rápido não dão tempo para que essa mensagem seja enviada e interpretada. Isso sem falar que diminui o tempo de contato com o alimento e faz com que a refeição seja menos saboreada.

Se você tem dificuldades com isto, o suplemento Body fit caps pode te ajudar pois ele ajuda no controle da saciedade.

  1. Tome água

Para quem quer saber como emagrece, é essencial beber muita água entre as refeições. Com esses simples ato é possível reduzir a fome e acabar com a retenção de líquidos, afinal, quanto mais água você bebe, maior é a produção de urina.

Com isso, as toxinas que podem atrapalhar o emagrecimento também são eliminadas com mais facilidade.

Você pode beber água normal, água de coco, sucos naturais moderadamente e sem adição de açúcar, e chás, também sem açúcar.

  1. Faça atividade física frequente

O mais importante não é necessariamente o tipo de exercício, e sim a regularidade com que ele é praticado.

Então, organiza-se e escolha uma atividade que você consiga praticar ao menos 3 vezes na semana.

Você pode correr, fazer natação, caminhada, andar de bicicleta, pular corda, dançar ou o que mais seja do seu interesse. Só não pode ficar parado!

Além disso, nada melhor do que substituir pequenos hábitos diários, tais como passear 10 minutos no horário de almoço, trocar o elevador por escadas, passear mais com o cachorro e etc.

Pronto, agora você já sabe como emagrecer!