Causas e sintomas da impotência sexual emocional

Com todo o estresse do desemprego, crise econômica, mercado cada vez mais competitivo, enfim, isso tudo tem sido uma porta aberta para um problema muito sério: impotência sexual emocional.

Hoje está muito comum os homens apresentarem um quadro crônico de impotência sexual emocional, ligando um botão de alerta na medicina.

Embora o problema, geralmente, dure menos que 6 meses, caso não seja tratado devidamente, ele pode perdurar e acabar resultando em outros problemas, como depressão, por exemplo.

O fato é que esse assunto ainda é um tabu entre os homens, fazendo com que não busquem ajuda, tentem resolver o problema com automedicação (na maioria das vezes totalmente equivocada) e acabem só procurando o médico quando o problema já está mais severo ou desencadeou outros tantos.

Por isso, é fundamental encarar o problema, procurando ajuda de um médico que, se verificar se tratar de uma impotência sexual emocional, saberá indicar o melhor tratamento.

Causas da impotência sexual emocional

Infelizmente, muitas podem ser as causas da impotência sexual emocional, cada vez mais comum nos dias atuais, com um grande aumento de casos em homens com idade entre 24 e 36 anos.

Vale saber que, geralmente, esses homens não apresentam nenhum quadro físico capaz de promover a impotência, mas, mesmo assim, não conseguem  ter ereções e/ou mantê-las.

Antes de seguir nas causas abaixo, gostaria de dizer que muitos homens tem impotência emocional, porque tem um pênis pequeno e deseja aumentar o penis para se sentir bem contigo mesmo, e isso acaba causando um problema psicológico e faz com que ele sofre com a impotência.

Dentre as principais causas da impotência sexual emocional, podemos citar as seguintes:

  • Altos níveis de estresse;
  • Baixa autoestima;
  • Casos precedentes de abuso sexual;
  • Conflitos emocionais e amorosos;
  • Medos relacionados ao fracasso sexual e possibilidade de humilhação;
  • Padrões estéticos exagerados;
  • Perda da libido;
  • Quadros de ansiedade;
  • Traumas pós-acidentes;
  • Entre outros.

Faixa etária da impotência sexual emocional

Infelizmente, não existe uma faixa etária estabelecida, ou seja, qualquer homem e em qualquer fase da vida pode apresentar problemas que levem ao surgimento da impotência sexual emocional.

Segundo pesquisas, 70% dos casos de impotência sexual são emocionais, e isso acontece porque, para um bom funcionamento geral do organismo, os pensamentos e sentimentos são fundamentais.

Vale considerar isso para tudo, não apenas em relação à vida sexual.

Tratamentos para impotência sexual emocional

Sem dúvida, a escolha do tratamento vai depender da avaliação de um profissional qualificado, o qual poderá associar medicamentos ao tratamento psicológico, para que o paciente possa expor seus problemas e medos.

Vale saber que, em alguns casos, pode ser indicado que o paciente altere radicalmente sua rotina, desde buscando uma profissão, ou trabalho, menos estressante, até a prática de algumas atividades.

Sintomas de impotência sexual emocional

A impotência sexual emocional possui alguns sinais fáceis de serem identificados, tais como:

  • Capacidade de se satisfazer mais com o sexo virtual do que com o real;
  • Preferência ao isolamento social;
  • Quadro de depressão;
  • Sensação constante de insegurança, raiva ou humilhação em um encontro;
  • Sentimento de ansiedade relacionado ao ato sexual;
  • Uso excessivo de pornografia;
  • Vício em aplicativos e sites de bate-papo e encontro.

Enfim, ao perceber qualquer sintoma, é fundamental vencer tabus e vergonhas e procurar o mais rapidamente possível ajuda médica, que saberá avaliar corretamente o seu caso e indicar o melhor tratamento.  Lembrando que quanto mais cedo procurar ajuda, mais simples e rápido será o tratamento.

Sete causas da celulite e dicas para combatê-la

Não aguenta mais lutar, em vão, contra as celulites? Você não sabe o que fazer para combatê-las? Então, continue lendo esse artigo.

Mais do que, simplesmente, uma questão estética, a celulite pode, muitas vezes, levar à diminuição da autoestima e autoimagem corporal.

Muitas mulheres acabam, até mesmo, deixando de ter uma vida social bastando que a mesma signifique ter que vestir biquini ou trajes que deixem as pernas à mostra.

O fato é que muitas podem ser as causas da celulite, cujo aspecto é de casca de laranja, por isso, mostraremos aqui algumas delas e como se armar para combatê-la!

Causas da celulite

Genética: infelizmente, as brasileiras são o biótipo perfeito para as celulites se instalarem. Então, é que mulheres com o biotipo corporal do tipo ginóide (aumento de gordura corporal na região inferior do corpo) têm maior tendência a sofrer com esses furinhos…

Alteração hormonal: pois é, os hormônios, como estrógeno e progesterona, podem favorecer à retenção hídrica resultando, claro, no comprometimento da circulação.

Pílula anticoncepcional: muitas mulheres se queixam que após usarem a pílula anticoncepcional passaram a ter, ou adquirir mais, celulites. Por isso, caso note um aumento da retenção hídrica e aumento de peso, após o uso de determinado contraceptivo oral, procure um ginecologista para escolher um outro método que não cause malefícios.

Sedentarismo e alimentação desequilibrada:  a falta de atividades físicas não só favorecem o aumento de peso, como contribui ainda mais para um menor estímulo circulatório. E fuja de uma alimentação rica em açúcar e gordura, que irão aumentar a camada adiposa, também evite o excesso de sal,  que causam mais retenção de líquido, prejudicando a circulação. Pelo contrário, invista em exercícios e em uma alimentação equilibrada.

Roupas apertadas: embora elas não causem celulite, as roupas muito apertadas contribuem para a piora do quadro após se instalado, já que comprimem os vasos sanguíneos e linfáticos, principalmente, as coxas e glúteos.

Cigarro: o cigarro, comprovadamente, causa celulite e vários outros males,  como a vasoconstrição, que está associado a uma menor vascularização e oxigenação do tecido.

Como prevenir a celulite

É preciso investir em hábitos saudáveis, caso queira uma melhor qualidade de vida, e algumas novas atitudes podem ser incorporadas à rotina do dia a dia, sem que isso signifique grandes sacrifícios.

Basta investir em atividades físicas, alimentação equilibrada, uma ingestão maior de líquido, diminuição do sal, enfim, hábitos simples mas que podem fazer toda a diferença à saúde de uma forma geral, e inclusive, no aspecto da celulite, além desses hábitos, você pode usar produtos para acabar com a celulite que pode ser encontrados na Amakha Paris por um ótimo preço e fazer atividades físicas juntamente com uma boa alimentação.

Por exemplo, quem trabalha muito tempo sentada, a dica é realizar pequenas caminhadas durante o dia, contribuindo para um melhor fluxo sanguíneo, trocar o elevador pelas escadas (aliás, um ótimo exercício), ir á pé para o trabalho, ou descer em um ponto antes, ou deixar o carro no outro quarteirão.

E não podemos deixar de citar os tratamentos estéticos, que também são ótimas opções, tais como drenagem linfática, ultrassom, radiofrequência, massagens estimulantes e endermoterapia, tudo isso, se aliado a hábitos saudáveis,  promove resultados fantásticos.

Enfim… o que não faltam são atitudes que podem contribuir, para a boa forma e, principalmente, no combate à celulite.

Prazo para sacar o abono salarial termina dia 30

Os trabalhadores brasileiros que tem direito ao PIS, deverão fazer o saque do dinheiro até dia 30 de junho, último dia para pagamento do abono salarial. Estes pagamentos são referente ao PIS ano base 2015, que é pago nos anos de 2016 e 2017.

Mais de 1 milhão de brasileiros ainda não sacaram o abono salarial, valores que somados passam do 1 bilhão de reais. É muito importante que o saque do PIS seja feito dentro do prazo, ou o cidadão habilitado do direito poderá perder seu benefício.

O PIS em 2017 terá valor de um salário mínimo, que é pago proporcionalmente ao tempo de trabalho no ano base. Quem trabalhou todos os meses em 2015, terá direito a receber o valor integral do salário, que atualmente é de R$937. Quem trabalhou por apenas seis meses, por exemplo, receberá a metade do valor total.

QUEM PODE RECEBER O PIS

De acordo com as novas regras do PIS 2017, terá direito a receber os pagamentos trabalhadores que tiveram remuneração média de até dois salários mínimos no ano base. É obrigatório também que o trabalhadores tenha registro de carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano base, no caso, em 2015.

Outra obrigatoriedade para ter direito ao abono salarial, é que o trabalhador deverá estar estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e a empresa deve ter informado seus dados corretamente na Relação Anual de Informação Social (Rais).

PRAZO PARA SACAR O PIS

Os pagamentos do abono salarial são feitos de acordo com calendário do PIS, que segue a data de aniversário do trabalhador. De acordo com a tabela, todos os trabalhadores que ainda não receberam o dinheiro por meio de crédito em conta na Caixa, podem fazer o saque nas agências do banco ou casas lotéricas.

Os saques poderão ser feitos até dia 30 de junho. Quem tem direito ao saque tem de ficar atento para não perder o prazo, porque os recursos não ficam acumulados de um ano para o outro. Esses valores ajudam a impulsionar a economia do País e beneficiam principalmente os trabalhadores mais humildes, conforme afirmou Ronaldo Nogueira, Ministro do Trabalho.

COMO CONSULTAR O PIS

Aqueles que não sabem se tem direito ao pagamento do Abono Salarial, podem fazer a consulta online do PIS. Para isto, basta acessar aqui a página no site do Ministério do Trabalho. Em seguida, basta informar o número do CPF ou PIS e data de nascimento. Clique em consultar para verificar seu dados online.

Se seu nome aparecer no Resultado da Consulta, você tem direito ao Abono. Neste caso, procure o Banco indicado até o dia 30/06/2017. Dúvidas Ligue:

158 – Ministério do Trabalho

0800-7260207 – Caixa Econômica Federal (PIS) ou

0800-7290001 ou 4004-0001 (Capitais) para o Banco do Brasil (PASEP).

5 opções naturais para tratar a impotência sexual

Está á procura de remédios naturais para tratar impotência sexual? Então, confira nesse artigo 5 ótimas opções naturais para tratar o problema!

Embora a impotência sexual seja mais comum aparecer após os 50 anos, cada vez mais  o problema vem afetando também homens jovens. Ansiedade, estresse, depressão ou perda de libido, são algumas das causas que levam ao surgimento da impotência.

A boa notícia é que, é possível apelar para a natureza para dar uma ajudinha na hora “H”. Por isso, preparamos aqui 5 opções de remédios naturais para você recorrer quando sentir que está precisando de um reforço. Quer saber quais são? Confira abaixo:

Mas antes de ver os remédios naturais de ervas, eu gostaria de te avisar que existem suplementos naturais em cápsulas para impotência, e o laxpower é um dos mais famosos que existe aqui no brasil, a grande vantagem dele é que ele não possui nenhum efeito colateral.

Remédios naturais para tratar impotência sexual:

  1. Xarope caseiro com Mel, Guaraná e Ginseng
    Possui propriedades energéticas, estimulantes e fortificantes, além de melhorar a circulação sanguínea, potencializando a ereção.

Ingredientes:
• 1 xícara e meia de mel de abelhas;
• 1 colher de guaraná em pó;
• 1 colher de ginseng em pó;

  • 1 colher de folhas de hortelã.

Modo de Preparo:
• Adicione todos os ingredientes em um recipiente de vidro, escurecido, com tampa e misture bem até obter uma mistura homogênea.

Beba 1 colher de sopa do xarope todas as manhãs. Mas atenção, esse xarope é contraindicado para hipertensos, gestantes, lactantes e diabéticos.

  1. Chá de raízes de Catuaba
    Planta medicinal utilizada para aumentar a libido.

Ingredientes:
• 40 gramas de raízes de Catuaba;
• 750 ml de água.
Modo de Preparo:
• Coloque a água em uma panela e assim que levantar fervura adicione as raízes da planta, deixando ferver por 10 minutos. Retire do fogo, tampe e deixe repousar por 15 minutos, coando antes de beber.
Beber o chá 3 vezes por dia.

  1. Chá com cascas de Marapuama
    Esse chá melhora a circulação sanguínea e aumenta a libido.

Ingredientes:
• 2 colheres de sopa de cascas de Marapuama;
• 1 litro de água.

Modo de Preparo:
Coloque as cascas de Marapuama em uma panela com 1 litro de água e deixe ferver durante 20 minutos. Depois, desligue o fogo, tampe e deixe repousar por  30 minutos, até amornar. Coe antes de servir.
Beber esse chá 3 a 4 vezes por dia, até perceber melhora.

  1. Chá de Tribulus terrestris
    Possui propriedades que aumentam a produção de testosterona e o apetite sexual.

Ingredientes:
• 2 colheres de chá de folhas secas de Tribulus terrestris;
• 500 ml de água fervente.
Modo de Preparo:
Coloque em uma xícara as folhas secas e adicione 500 ml de água fervente, deixando repousar durante 10 minutos. Coe antes de beber.
Beber 2 vezes ao dia, até perceber melhora.

  1. Chá de alecrim, com Chapéu de couro e Catuaba
    Com propriedades afrodisíacas, este chá estimula e a aumenta a libido.

Ingredientes:
• 100 gramas de Alecrim;
• 100 gramas de Chapéu-de-couro;
• 100 gramas de Catuaba.

Modo de Preparo:
Misture as ervas secas e prepare o chá usando 20 g da mistura. Em uma panela, coloque 20 gramas da mistura e adicione 1 litro de água fervente.  Tampe e deixe repousar durante 15 minutos antes de servir.
Beber 4 vezes ao dia, durante 7 dias, respeitando a quantidade referida, pois embora seja uma opção natural, estas plantas estimulam o organismo.

Como tratar o cabelo danificado pelo sol

O calor e o sol deixou seu cabelo seco e sem vida?  Não sabe o que fazer para reverter o problema? Então, continue lendo.

Muita gente não sabe, mas o cabelo também pode ficar danificado após ficar longas horas expostos ao sol, sem a devida proteção, apresentando sintomas como opacidade, ressecamento, frizz…

É preciso ter em mente que o sol “queima” os fios, que ficam sensibilizados e podem até começar a se partir facilmente.

Mas sabe qual a boa notícia? É que é possível reverter o estrago causado pelo excesso de sol, bastando seguir algumas dicas para proteger o cabelo de seus efeitos. Confira quais são as dicas.

Invista em um tratamento nutritivo

O excesso de exposição ao sol, dentre outros danos, causa o ressecamento do cabelo, com o calor e a ação dos raios solares afetando as cutículas capilares, que são responsáveis pela retenção de água e nutrientes dentro da fibra.

Para reverter os efeitos nocivos do sol sobre o cabelo,  é fundamental apostar em tratamentos nutritivos e hidratantes para ajudar a resgatar a saúde dos fios e repor a água e os nutrientes perdidos, e o hairpower funciona muito bem para proteger seu cabelo, além de tonifica e fortalecer os fios.

A dica, portanto, é investir em uma máscara Solar, para resgatar a saúde e a beleza do cabelo afetado pelo sol. Por ser voltada para o cuidado dos fios após a exposição solar, a máscara possui uma ação nutritiva e fortalecedora, devolvendo a vida à fibra capilar e reforçando a estrutura dos fios após a exposição solar.

Mas, por outro lado, se os danos causados forem muito severos, nesse caso, a dica é procurar um salão para realizar um tratamento profundo.

Invista em uma linha específica para o verão

Para blindar os fios dos efeitos nocivos do sol, mesmo nos dias em que não for utilizar uma máscara de reparação, a dica é investir em um shampoo e um condicionador específicos para o cuidado dos cabelos afetados pelo sol, pois vão promover a revitalização e evitar que a fibra continue a ser danificada pelo sol.

Os shampoos específicos para tratar cabelos danificados oferecem uma limpeza suave e eficaz, enquanto trata a fibra afetada pela exposição solar.

Realize um tratamento reconstrutor

O cabelo danificado pelo sol, não só fica ressecado, como pode ter sua estrutura afetada pelo excesso de exposição solar, se tornando porosos, quebradiços e fragilizados, nesse caso, portanto, não basta investir apenas em um tratamento nutritivo.

A dica, nesse caso, será combinar o tratamento nutritivo com a reconstrução capilar, devolvendo ao cabelo a capacidade de absorver a água e nutrientes,  ajudando a recuperar a estrutura dos fios e cutículas.

Felizmente, no mercado é possível encontrar excelentes máscaras para esse fim, as quais irão reforçar a estrutura do cabelo danificado pelo sol, promovendo um tratamento profundo aos fios fragilizados, reduzindo a quebra e reestruturando a fibra capilar.

A dica é procurar alternar a máscara com o tratamento nutritivo, para recuperar mais rápido e completamente os fios.

Blinde os fios com leave-in

Por fim, mas não menos importante, é preciso combinar o tratamento dos fios com uma proteção eficaz, e isso pode ser feito com um bom leave-in hidratante com filtro solar e UV.

Vale saber que mesmo utilizando máscaras especiais para cuidar dos fios danificados, os raios solares continuarão a agir sobre os fios, e podem afetar o tratamento, dificultando a recuperação da fibra capilar.

Por isso, é fundamental blindar os fios diariamente com um leave-in específico para isso, ou seja, que ofereça proteção contra a ação solar e a radiação ultravioleta.

Acredite, esse leave-in irá fazer toda a diferença na hora de recuperar a saúde dos fios após os danos causados pelo calor e os raios ultravioletas, evitando o agravamento do quadro.

Perca peso com a Lua

A Lua influencia as marés, então por que não o corpo humano, composto por 80% de água? A Lua é uma estrela feminina e tem enorme influência sobre as mulheres. Você já experimentou algum tipo de dieta e já teve o suficiente do efeito ioiô clássico? A dieta lunar derreterá seus quilos extras!

Você quer mostrar um biquíni deslumbrante? Você se sente inchado e quer perder peso rapidamente? Não tem problema, vamos ajudá-lo a perdê-lo lentamente e respeitando o seu corpo. Antes de tudo, saiba que também temos dietas drásticas suficientes ou que, auto-proclamadas milagrosas, são mais estranhas que a outra!

Se você quer perder peso, não há outra solução: remova os doces, fique ocupado e … comece a perder peso! Após as fases da Lua, será mais fácil perder peso naturalmente, mas obviamente você não pode esperar milagres se comer um pacote de batatas fritas por dia.

Como perder peso com a lua?

Da Lua Nova à Lua Cheia (fase crescente), o corpo está no momento da assimilação, enquanto na fase em declínio, teremos uma fase de perda. Nada complicado, apenas pedimos que você entenda como seu corpo funciona.

Pare dietas drásticas! Só será necessário aprender a comer de acordo com a lua. Respeite os ciclos lunares e você também começará a se sentir mais leve. O suplemento cuperine funciona, caso também queira fazer uso de um bom produto emagrecedor natural, juntamente com a dieta lunar.

Faça da Lua o seu melhor aliado! Descubra como perder peso em 4 etapas fáceis

Em uma lua crescente , você pode comer o que quiser, o corpo está sendo assimilado e queima muito mais calorias, dando a você a chance de ceder a algum desejo. No entanto, não exagere, principalmente com sobremesas, e tente comer frutas e legumes frescos, sem açúcares de baixa caloria e rico em vitaminas e minerais.

Durante a Lua Cheia , a operação de desintoxicação também começa e a fase de eliminação. Durante esses três dias (no dia anterior, no mesmo dia e no dia seguinte) da Lua Cheia, adota a chamada monodieta , consome apenas um alimento, simples e natural, por dia (maçã, ovo, cenoura, arroz).

Cabe a você fazer uma escolha: você também pode optar por uma planta que purifique o fígado naturalmente, como radicchio preto ou alecrim e, acima de tudo, não se esqueça de beber muito!

Na lua minguante , seu corpo elimina e expulsa substâncias supérfluas por cerca de 12 dias. Esta é a fase de emagrecimento, que você pode favorecer ao tomar plantas com propriedades desintoxicantes (chá-leão, alecrim, genciana, etc.). À mesa, tente consumir muita fibra e vegetais e evite alimentos com carne vermelha e amido.

Durante a Lua Nova , faça uma monodieta de três dias. Desta vez, o corpo é purificado ainda mais profundamente. É a vez dos rins, intestinos e pele. Também neste caso, as plantas são seus melhores aliados: a urtiga, a bétula e o radicchio preto.
Você já sabe quando será a próxima Lua Cheia? Não perca nenhuma fase da lua graças ao nosso

Cirurgia Para Aumentar o Pênis

Neste artigo, discutirei as diferentes opções para operações de extensão do pênis. Essas operações existem, mas são raras. Poucas clínicas arriscam isso por causa dos riscos associados ao procedimento. Portanto, discutimos não apenas as possibilidades de extensão cirúrgica do pênis , mas também as alternativas mais seguras.

Nem todo homem está satisfeito com o comprimento do seu pênis. Para alguns deles, seu pênis é muito curto, em seu próprio sentido. Atualmente é possível estender o pênis alguns centímetros pela via cirúrgica (plástica) , também denominada extensão do pênis.

Mas já te confesso que a cirurgia não é a melhor opção, hoje existem produto em gel como é o caso do V8 Big Size que é um produto em gel para ampliar o tamanho do pênis.

Extensão do pênis: como você pode estender seu pênis?

Existem diferentes métodos para aumentar o pênis. Para os homens, o pênis está parcialmente no abdômen. Com uma extensão do pênis, essa parte é afrouxada e antecipada. Com uma extensão do pénis, o pénis pode ser preenchido com vários enchimentos. O método mais conhecido é uma extensão do pênis com gordura própria (preenchimento labial).

O tamanho ideal do pênis é “o que te faz feliz”. Mas se alguém vier para uma extensão de, digamos, trinta centímetros, isso seria impossível.

Extensão do pênis

A extensão do pênis pode ser realizada com anestésico local ou sob anestesia geral. Durante a operação , é feito um pequeno corte logo acima da base do eixo peniano. As bandas do tecido conjuntivo que conectam o pênis ao osso púbico são cortadas e o pênis é trazido para a frente. Depois disso, os pneus são fixados novamente. Desta forma, o pénis como um todo avança um pouco. A cicatriz será frequentemente coberta novamente sob os pelos pubianos e, portanto, será praticamente invisível.

Se você não teve sorte, sua caixa de e-mail pode ter sido preenchida regularmente com e-mails de spam preenchidos com anúncios de pílulas para  aumento do pênis . Isso garantiu que a pílula para aumento do pênis recebesse um grande reconhecimento, mas com um gosto ruim.

Tudo o que você precisa saber sobre extensões de pênis

Uma vez, a ideia de extensões de pênis só existia nas páginas traseiras de folhas sujas, espalhadas no banco traseiro de ônibus abandonados ou deixadas para trás nos arbustos em parques extintos. Depois havia a internet. Os anúncios estavam aparecendo na seção de spam de nossa caixa de e-mail e em sites que não queremos que nossa esposa esteja visitando. As promessas eram – literal e figurativamente – grandiosas, e muitas vezes uma fonte de boas piadas em festas de aniversário chatas. Agora, um pênis grande se tornou um negócio sério.

Posso estender meu pênis?

Alguns homens têm seu pênis estendido cirurgicamente porque acham que seu pênis é muito pequeno. Às vezes, também existem necessidades médicas para extensão do pênis, por exemplo, com defeitos congênitos . Com uma extensão do pênis, o tecido conjuntivo que mantém o material esponjoso do pênis até o osso púbico é removido ou cortado. Isso dá ao pênis e ao material esponjoso mais “espaço” e liberdade.

COMO ESCREVER UMA MONOGRAFIA

Quando você é mãe, enfrenta situações inesperadas, criar um ser humano não é fácil e menos quando a criança cresce, vai à escola e descobre que tudo o que aprendeu já o esqueceu!

Graças à Reforma Educacional, agora precisamos nos envolver mais na educação das crianças, praticamente precisamos nos sentar com elas para explicar os problemas e fazer a lição de casa, especialmente se o seu filho frequentar uma escola pública.

O que fazer quando seu filho tiver que fazer uma monografia sobre os povos originais do México?

Escrever uma monografia é muito complicado porque é um trabalho de pesquisa extenso, mas no caso da escola primária, fazer uma monografia significa pesquisar em uma ou duas fontes de informação e copiar o texto em um novo documento, o que pode te ajudar nessa tarefa é o monografis orientador TCC que é uma maneira de você automatizar essa tarefa de monografia.

Como escrever uma monografia

Como escrever uma monografia? Não se preocupe, aqui analisaremos as perguntas básicas para que você explique ao seu filho como fazer a lição de casa.

O que é uma monografia?

 Em primeiro lugar, lembraremos o que é uma monografia: a monografia é um trabalho escrito realizado com a aplicação de uma metodologia de pesquisa e que apresenta resultados e análises resultantes de uma investigação minuciosa de um tópico específico. Para uma criança de 9 ou 10 anos (mais ou menos da idade são meninos na quarta série do ensino fundamental), pode ser difícil fazer uma monografia , especialmente porque você pode ter a ideia de que escrever uma monografia é copiar e colar as informações obtidas na escola. Internet

O problema de copiar e colar é que muitas vezes a criança nem lê as informações e, portanto, não está adquirindo as habilidades necessárias que se pretende obter com este trabalho:

  • use a linguagem para se comunicar
  •  escreva de maneira correta
  • expandir vocabulário
  • valorizam a diversidade linguística do México.

Portanto, você terá que motivar seu filho a ler as informações e selecionar a coisa mais importante que será incluída em seu trabalho. Uma maneira de conseguir isso é pedir que ele faça um mapa conceitual ou gráfico sinótico para organizar as informações e classificar Nesse período de informações ao alcance de um clique, é importante saber o que é feito com as informações obtidas e aprender a reconhecer fontes confiáveis ​​de informações.

Como escrever uma monografia

Partes de uma monografia:

♥ título

♥ índice de conteúdo

♥ Introdução

♥ corpo e texto

♥ Conclusões

♥ Apêndices, tabelas, gráficos

♥ Referências bibliográficas

Passos para realizar uma monografia no ensino fundamental:

1.- Delimite o tópico: eles  devem escrever uma monografia sobre os povos originais do México, mas isso é muita informação, mesmo para um adulto, então você deve escolher quais pessoas escrever, por exemplo, LOS AZTECAS. E a partir dessa cidade, escolhemos apenas uma coisa para investigar, em nosso exemplo: AS CRENÇAS DAS AZTECAS.

2.- Agora é necessário fazer um esboço com as informações que devem ser investigadas, por exemplo, para fazer a monografia das Crenças das Aztecas, você pode procurar informações sobre:

  • Deuses astecas
  • Os rituais de sacrifício
  • A vida religiosa dos cidadãos comuns
  • As cerimônias que eles realizaram durante o ano

3.- Agora que você sabe do que se trata a monografia, é hora de investigar: consulte revistas, livros e a Internet.

4.- Anote as informações obtidas nas planilhas para não esquecer. É muito importante registrar as fontes consultadas.

5.- Agora escreva a monografia com suas próprias palavras. É muito importante não copiar e colar.

6.- Procure imagens para o seu trabalho.

E isso e tudo. Não é um trabalho muito fácil, mas você pode fazê-lo com sucesso.

 Escrevendo uma monografia

♦ Seu filho deve usar frases simples e curtas.

♦ Citações de referência devem ser usadas para especificar onde as informações foram obtidas.

♦ Você deve explicar com suas próprias palavras o que um autor quis dizer.

♦ Os parágrafos devem ser curtos e precisos.

♦ Você pode incluir imagens, mapas, gráficos, etc.

Dicas Para Tratar as Varizes

Antes de tudo, vamos ver em detalhes o que são e como você pode trabalhar com eles, com os métodos mais simples e menos drásticos para não perturbar sua vida, devido a capilares ou varizes.

Se eles são acompanhados por faixas azuis “clássicas” e salientes ao longo das pernas e coxas, são conhecidas simplesmente como varizes ou varizes.

Vamos começar enquadrando o problema. As varizes são veias superficiais das pernas, principalmente veias tributárias das veias safenas grandes ou pequenas, muito dilatadas e nas quais o sangue flui com dificuldade devido ao escoamento das paredes venosas, o que determina o alargamento dos vasos e seu alongamento para as veias. forma de cobra.

Quais são os sintomas mais comuns?

Dor, sensação de peso nas pernas, coceira e inchaço dos tornozelos?

A alteração estrutural, de forma inflamatória, não permite mais que as válvulas da veia interna impeçam o fluxo do sangue de volta para baixo, acabando se acumulando nos vasos venosos devido à gravidade. Eles geralmente são precedidos ou acompanhados por telangiectasias, conhecidas como “capilares”.

Por que as mulheres sofrem especialmente? De fato, a aparência parece ser favorecida por  fatores hormonais ,  gravidez e ocupações que o forçam a permanecer em pé por um longo tempo e a todos, sem distinção de excesso de peso.

As variedades são geradas principalmente por:

  • pressão venosa intraluminal aumentada (causada, por exemplo, pela compressão dos vasos)
  • trombose das veias profundas;
  • insuficiência das válvulas venosas.

Existe uma predisposição genética para a constituição da fraqueza das paredes venosas, além dos fatores de risco tipicamente femininos e para a posição ereta que facilita a patologia. As veias , ao contrário das artérias, não possuem uma camada muscular muito desenvolvida; portanto, a veia dilata quando a parede tende a se liberar, devido a uma quantidade de sangue superior à norma ou ao abrandamento.

Esse processo pode ser neutralizado pelos músculos que circundam a veia, mas se o impulso for insuficiente, a dilatação pode se tornar constante. A evolução da doença varicosa na maioria dos casos está subindo de baixo para cima. Gravidez, idade e obesidade são fatores de risco específicos para as mulheres.

As regras de higiene mais importantes a serem seguidas para prevenir ou limitar o aparecimento de varizes e veias capilares são: [

  • Ande pelo menos uma hora por dia;
  • Aqueles que são forçados a posições de pé prolongadas devem realizar periodicamente exercícios de ginástica “alongamento”;
  • Aqueles que se sentam por muito tempo devem esticar as pernas de vez em quando;
  • Evite longa exposição ao calor;
  • Use meias elásticas;
  • Evite banhos com água muito quente;
  • Evite usar sapatos apertados;
  • Durma mantendo uma posição mais alta do pé do que a cabeça;
  • Manter um peso corporal normal; [
  • Adote uma dieta rica em vitamina C e fibras.

Tratamentos cirúrgicos são possíveis em casos menos administráveis ​​com suplementos específicos.

  • Crossectomia: consiste na ligadura da veia safena interna ao nível da veia femoral comum e na ligação de todos os afluentes do arco safeno. O mesmo pode ser feito para a pequena veia safena, realizando a ligadura da veia poplítea. Esta intervenção pode ser realizada sozinha ou associada à remoção.
  • Decapagem longa: consiste em realizar uma ligadura da safena interna (ou grande safena) ou externa (ou pequena safena) à cruz (crossectomia) e subsequentemente remover o eixo safeno até o maléolo
  • Decapagem curta: realizada para a safena interna. Consiste em remover a veia da virilha até o joelho
  • Escleroterapia: consiste na injeção na veia de uma substância capaz de desencadear uma flebite química e subsequentemente de obliterar a veia. A obliteração da veia tem os mesmos efeitos que sua remoção
  • Terapia a laser: consiste em inserir uma sonda a laser na veia e depois em queima-la para obter uma obliteração semelhante à da escleroterapia.
  • CHIVA: tratamento cirúrgico minimamente invasivo, conservador, ambulatorial e com anestesia local, baseado nos princípios da hemodinâmica através do uso do Doppler colorido. Consiste em fechar a origem de fluxos sanguíneos anormais devido à incontinência valvar e responsável pela dilatação varicosa das veias.
  • Antes de tudo, sugiro que você tente um creme, o mais recomendado por especialista no brasil é o varigold que é um creve natural que combate as varizes. 

Mas ainda tenho algo a sugerir, porque hoje em dia dei um presente para minha esposa e ela está se sentindo muito bem, então pensei em compartilhá-lo com o chá, ela é um estimulador para desinflar as pernas e retirar as veias capilares.

Mara, “minha esposa”, diz que suas pernas incham muito menos e suas veias azuis encolheram muito “, seu trabalho se dá nos pés e, quando volta à noite, as pernas ficam estressadas. Após uma semana de uso, me sinto feliz. Encontrei apenas na Amazon, levo quase tudo lá por uma questão de garantia e seriedade. Coloquei o link abaixo da página, se você quiser ver o produto, garanto que é fácil de usar e leve para gerenciar no sofá à noite. O preço que eu achei um pouco alto sinceramente. Mas é uma novidade e gosto disso.

Dicas Para Saúde da Próstata

É comum homens de 50 a 55 anos apresentarem um ou mais sintomas urinários e não discuti-los com seu médico.
Para melhorar os sintomas urinários causados ​​pela HBP, recomenda-se seguir as seguintes dicas:

GESTÃO DE LÍQUIDOS

  • Evite a ingestão excessiva de água (recomendado: 1,5-2 l / dia).
  • Restringir a ingestão de líquidos em horários específicos (viagens longas, quando sair em público) e à noite (pelo menos 2 horas antes de dormir).
  • Boa hidratação previne infecções e formação de pedras.

MUDANÇAS DIETÉTICAS

  • Restringir ou moderar o consumo de bebidas alcoólicas e cafeinadas.
  • Restringir alimentos picantes ou com alto teor de gordura e aumentar as dietas ricas em vegetais.
  • Evite a constipação.

MEDICAÇÃO

  • Revise a medicação e otimize o tempo de administração nos momentos de maior transtorno (viagens longas e quando em público).
  • Substitua algumas drogas (diuréticos, descongestionantes, anti-histamínicos, antidepressivos, antagonistas do cálcio).
  • Hoje em dia a maioria dos homens estão prevenindo doenças na próstata fazendo o uso de suplementos naturais como o CuraProst que é um produto natural para deixar sua próstata saudável e evitar doenças.

HÁBITOS MICICIONAIS E TREINAMENTO VESICAL

  • Remoção do resíduo uretral para evitar o gotejamento após a micção (esvaziar / espremer a uretra pela compressão do pênis, da base para fora, no final da micção).
  • Técnicas de reeducação da bexiga: regular o tempo entre a micção durante o dia (3h) com a micção programada, suportar a sensação de urgência para aumentar a capacidade da bexiga (até cerca de 400ml).
  • Uso de técnicas de distração e relaxamento para controlar sintomas irritativos.
  • Técnica de esvaziamento da bexiga (em pé um ou dois minutos após a micção e tentar uma nova micção para esvaziar completamente a bexiga).

ESTILO DE VIDA

  • Reduzir o peso em caso de sobrepeso / obesidade.
  • Faça exercícios físicos regularmente.
  • Corrigir / controlar a mobilidade e os distúrbios funcionais.
  • Evite a constipação.